Banda de Boca – Bachianas N°5 e Bola de Meia, Bola de Gude

O quinteto baiano “Banda de Boca” é hoje uma das referências mais notáveis na música vocal acapella. Formado em 1999 pelo músico Hiran Monteiro e contando inicialmente com 6 músicos cantores, o grupo é, com certeza uma das maiores novidades da música brasileira e também um dos grandes nomes da música acapella internacional.

A formação hoje conta com Hiran Monteiro, Neto Moura, Poliana Monteiro, Arno Hübner e Fábio Eça, e os cinco realizam com maestria a tarefa de substituir com a própria voz,  vários instrumentos musicais. A harmonia e a sincronia são perfeitas. A versatilidade dos arranjos elegantes e originais mostram a grande capacidade do grupo em suas performances e chamou a atenção de grandes artistas que requisitaram a participação do grupo em seus cds e shows.

Com 3 albuns lançados, sendo o primeiro de forma independente e com tiragem esgotada, o Banda de Boca prioriza em estúdio a música brasileira, porém em shows, a banda percorre todos os estilos mostrando toda a sua versatilidade e criatividade: de Villa Lobos a Michael Jackson, de Tim Maia a Beatles e é claro, canções compostas pelo seu fundador Hiran Monteiro!

Vamos ouvir dois exemplos: O primeiro é um video mostrando o grupo executando a Bachiana N.5 de Villa Lobos em 2005:

Agora vamos ouvir o grupo cantando Bola de Meia, Bola de Gude, de Milton Nascimento, faixa que faz parte do segundo album de 2007.

Anúncios

Boca Livre – Ponta de Areia em dois momentos

O objetivo deste post não é comparar, mas homenagear o grupo Boca Livre, um dos ícones da música vocal brasileira com duas versões de um clássico da música brasileira, que é ‘Ponta de Areia’, de autoria de Milton Nascimento e Fernando Brant.
Vejam só que interessante:
O primeiro video é de 1979, que foi exibido pelo programa ‘Fantástico’ da Rede Globo de televisão e apresentado pela atriz Christiane Torloni. O grupo na época era uma novidade trazia Zé Renato, Mauricio Maestro, Claudio Nucci e David Tygel, formação clássica do grupo (Lourenço Baeta entrou pouco tempo depois) e ‘Ponta de Areia’ fez parte do primeiro album deles e uma curiosidade: é até hoje um recordista de vendas para um lançamento feito de forma independente.

Depois de muitas alterações em sua formação original, com saídas e retornos de integrantes, mas sempre mantendo a qualidade vocal do quinteto, o Boca livre gravou em 2007 um show que marcou os 25 anos do grupo, e lançaram um DVD e CD para comemorar o feito. Contando com o retorno do Zé Renato e Davyd Tigel, a presença de Lourenço Baeta, no lugar de Claudio Nucci e a “onipresença” do mestre Mauricio Naestro (único integrante que jamais saiu do grupo), também cantaram ‘Ponta de Areia’, mostrando que o tempo passou, mas a qualidade continua a mesma, como podemos ver neste segundo video: