Ladysmith Black Mambazo – Amazing Grace

Amazing Grace é um famoso hino gospel composto em 1779 pelo compositor inglês John Newton. Existe um pequeno histórico deste famoso hino cristão na enciclopédia eletrônica Wikipedia, leia:

Depois de um curto tempo na Marinha Real, John Newton iniciou sua carreira comotraficante de escravos. Certo dia, durante uma de suas viagens, o navio de Newton foi fortemente afetado por uma tempestade. Momentos depois de ele deixar o convés, o marinheiro que tomou o seu lugar foi jogado ao mar, por isso ele próprio guiou a embarcação pela tempestade. Mais tarde ele comentou que durante a tempestade ele sentiu que estavam tão frágeis e desamparados e concluiu que somente a Graça de Deus poderia salvá-los naquele momento. Incentivado por esse acontecimento e pelo que havia lido no livro, Imitação de Cristo de Tomás de Kempis, ele resolveu abandonar o tráfico de escravos e tornou-se cristão, o que o levou a compor a canção Amazing Grace (em português“Graça Maravilhosa”).

Conhecendo um pouco sobre a história dessa pérola da canção gospel, você poderá ouvi-la nas maravilhosas vozes do grupo Ladysmith Black Mambazzo. Grupo nascido na África do Sul e fundado por Joseph Shabalala por volta dos anos 50. O nome vem do resultado de TODAS as competições que participaram e ganharam: “Ladysmith” é o nome da cidade de nascimento de Shabalala; “Black” representa bois negros, que são os animais mais fortes da fazenda e a palavra zulu “Mambazo”, significa “Machado”, instrumento que representa a capacidade que o grupo tem de “derrubar” todas as competições. Eles eram tão bons, que em certo tempo foram proibidos de competirem. Só participavam para entreter o público.

Em termos de cultura, o grupo representa a cultura tradicional do seu país, sendo uma espécie de emissários de uma nova África do Sul. Acompanharam por diversas vezes o então presidente, Nelson Mandela em diversas ocasiões.

O grupo ganhou notoriedade nos anos 80, quando Paul Simon foi até a África do Sul e conheceu Shabalala e os outros integrantes do grupo. Ficou tão  impressionado com a harmonia dos baixos, contraltos e tenores que resolveu incorporar esse som em seu album “Graceland”. Essa junção da música de Simon e do Ladysmith Black Mambazo rendeu na época ,vários prêmios Grammy e se tornou um dos albuns referenciais na carreira de ambos. Ouça Diamonds onthe soles of her shoes, que parte deste album:

O Ladysmith Black Mambazo, com impressionante harmonia vocal, dança, gestuais que se referem sempre à natureza, são personagens principais deste blog hoje, em uma interpretação adaptada ao estilo zulu de Amazing Grace, esse clássico do gospel. Veja como ficou:

Fontes: Wikipedia e Site oficial do Ladysmith Black Mambazo


obs:  Esse post é dedicado à professora, pesquisadora, cantora e regente do coral da Universidade Tuiuti do Paraná, em Curitiba no Paraná, Liane Guariente, uma profunda conhecedora da voz humana e das suas milhares de possibilidades e potencialidades.

Zambian Vocal Group – Mbube (The lion Sleeps Tonight)

A Africa é um continente incrível. A beleza, a força do seu povo, a sua cultura, a alegria e o sofrimento se contrastando de uma forma que emociona a todos. Historicamente se sabe que a etnia Zulu foi considerada bem há pouco tempo, nos tempos do regime Apartheid, como sendo uma terceira categoria de seres humanos na Africa do Sul, sendo separados e considerados uma “sub-espécie”. Com o fim deste regime segregatório, a partir da atuação marcante de um dos maiores líderes de nosso tempo, Nelson Mandela, o mundo pôde conhecer a cultura desta etnia.
Para nós aqui do Blog das Vozes, a música vocal dos grupos africanos nos trouxe a magia dos cantos Zulu, que, além de impressionar com a beleza harmônica e a intensidade espiritual contida neles, traz uma alegria e um colorido que nenhum outro grupo de outra parte do mundo consegue reproduzir, ou seja, é um estilo único e original.
O músico Paul Simon, na década de 80 sentiu a força dessa música, e ganhou diversos prêmios com o album Graceland, que teve participação do grupo Ladysmith Black Mambazo (que oportunamente iremos apresentar neste blog). Outro grande representante desta fantastica música africana é o Soweto Gospel Choir, grupo que já foi apresentado por aqui.
Hoje, portanto, vamos apresentar um video de um outro grupo africano, o Zambian Vocal Group, da Zâmbia, país africano onde também é berço de uma parte da etnia Zulu. Este grupo, que é uma organização formada para mostrar ao mundo a sua música e a cultura do país. Formado por sete jovens, o grupo percorre o mundo para arrecadar fundos para vários objetivos: remodelar as escolas e ajudar na educação das crianças em um centro em Zambia, e além disso o grupo trabalha na conscientização sobre a Aids para os estudantes nos locais por onde passam.
O video que vamos ver é uma apresentação do grupo em Ohio, nos Estados Unidos. Eles cantam “Mbube”, que em Zulu quer dizer “Leão”, música composta em 1939 pelo africano Salomon Linda. Depois de muitas versões e nomes, hoje Mbube é muito conhecida como “The Lion Sleeps Tonight”.

Depois de ver a linda performance, vale a pena conhecer a fundação “Zambian Vocal Group” acessando o site oficial aqui.