Buenos Aires 8

A núsica vocal realmente não tem fronteiras e não obedece as leis do tempo e do espaço. Ao longo dos posts já exibidos por este blog, a variedade e a diversidade dos sons produzidos pela voz humana é imensa.

Neste post, o Blog das Vozes, vai viajar no tempo e vai para a capital argentina dos anos 70 e 80, através do grupo impressionante Buenos Aires 8.

Antes de mais nada, vale apena conhecer o grupo em um brevíssimo histórico:

Formado em meados da década de 60, mais precisamente em 1966, e inicialmente simplesmente de “Vocal Buenos Aires”, o grupo se apresentou pela primeira vez em um festival latinoamericano de Cosquín. Na primeira formação estavam: César Leonardo Tolaba (“Gully”), Horacio Edelmiro Corral, Fernando Ignacio Llosa, Miguel Ángel Odiard, Angélica María Fanelli (“Chichi”), Analía Lobato, Lidia Berta Tolaba y Ana María Palazzo (esta última substituída por Clara Steinberg).

A formação musical do BA8 é claramente baseada na música argentina em sua principal vertente: o Tango. O objetivo sempre foi claramente se apoiar nos textos musicais de Bach, Mozart e de outros compositores da música barroca e apoiá-los na música dos principais compositores o tango argentino, como Francisco De Caro, Aníbal Troilo, Horacio Salgán e Astor Piazzolla.

Em arranjos especialmente concebidos por Horacio Corral e Leonardo Tolaba, as oito vozes de soprano a baixo recorrem com impressionante fluidez e qualidade, conceitos harmônicos  difíceis e incrivelmente belos, em contrapontos com uma precisão que em nenhum momento perde o  equilibrio dos planos sonoros em solos, acompanhamentos, contracantos  em passagens ritmicas. O som se completa com o contrabaixo tocado por Corral, e uma leve intervenção percurssiva realizada por Fernando Llosa.

Com apresentações realizadas em todo o mundo (inclusive no Brasil), 4 albuns lançados, participações em filmes, atuações em festivais televisivos, o Buenos Aires 8 sempre fez questão de se autoproclamar um grupo de música argentina levando o tango a uma outra esfera sonora: a vocal.

O BA8 se desfez no início dos anos 80 com a morte de seu líder e principal arranjador, Cesar Tolaba.

Vamos então ouvir o grupo em dois momentos do album “Buenos Aires Hora Cero”, lançado em 1970 e que traz arranjos vocais dedicados à obra de Astor Piazzolla, com uma observação importante: os textos da contracapa orignal do album, escritos pelo próprio Piazzolla.

O primeiro video é de “Adios Noniño”, onde vemos o próprio BA8 executando a peça no filme argentino “El canto cuenta su historia” (1976) de Fernando Ayala e Hector Olivera:

O segundo video é de “Verano Porteño”. Não existe infelizmente um video do grupo executando essa peça, mas no video abaixo podemos ver belíssimas imagens da capital argentina ao som do fantástico grupo Buenos Aires 8:

fontes: site El Tango e sus Invitados e blog Grupos Vocales (onde existem albuns do BA8 para download)

Anúncios

Uma resposta

  1. Excelente as composições do BA8. Vou baixá-las agora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: